DIVIRTA-SE III. O Norte no feminino

A Associação de Galerias de Arte Contemporânea das Astúrias , que reúne doze galerias, organiza a terceira edição da ENTREARTE , uma exposição dedicada às mulheres artistas que conta com a participação de 24 criadoras nacionais e internacionais.

ENTREARTE III reúne: pinturas, esculturas, fotografias e instalações no Palácio Revillagigedo (Gijón) entre 22 de setembro e 22 de outubro.

A galeria apresenta a pintora Alba Escayo (Avilés, 1981) e a escultora Flavia Robalo (Buenos Aires, 1973).

Palácio Revillagigedo

Alba Escayo 🔹 2º andar - corredor 7 🔹

Licenciada em Belas Artes pela Universidade Complutense, continua os seus estudos de pós-graduação em Bolonha e Belgrado.

Escayo vive em Madrid e participa frequentemente em exposições e projetos internacionais. Colaborações com outros artistas e instituições levaram-na a trabalhar frequentemente em Singapura e nos Balcãs.

Na sua pintura explora técnicas mistas e novos suportes para captar obras vibrantes nas quais as referências à natureza e à paisagem são frequentemente distinguidas. Na sua obra há uma hibridização de símbolos naturais e culturais e encontramos um magma harmonioso de ícones, traços abstratos, palavras e gráficos.

A cidade branca
120 x 150 cm., misturado sobre tela

Floresta tropical
90 x 90 cm., misturado sobre tela

macieira em flor
90 x 90 cm., misturado sobre tela

"Pintei lugares e momentos para voltar. Como se com a pintura pudéssemos pular no tempo, mas de uma forma peculiar: dançando de momento a momento e com pinceladas que são tudo vivenciado, que se enredam nas cores."

Alba Escayo

Flávia Robalo 🔸 2º andar - corredor 5 🔸

O seu trabalho caracteriza-se pela atenção cuidadosa à forma e à textura, permitindo-lhe criar esculturas que parecem ter vida própria.

Flavia já expôs seus trabalhos em diversas galerias e museus ao redor do mundo, incluindo: Itália, Espanha, Alemanha, França, Portugal, Brasil e Argentina. As suas esculturas têm sido objecto de inúmeras publicações e o seu trabalho tem sido reconhecido com vários prémios.

Ele continua a explorar novas técnicas e materiais em sua busca para criar esculturas que reflitam a beleza e a complexidade da vida humana. Seu trabalho continua a inspirar artistas e amantes da arte em todo o mundo.

Todas as frutas são dos pássaros
55 x 30 x 22 cm., madeira de tília

Vento a favor
107 x 20 x 36 cm., madeira tulipeiro

Ruscello
61 x 40 x 37 cm., madeira de bananeira

“Com grande habilidade escultórica, Flavio Robalo cria um cosmos atmosférico denso centrado em figuras femininas que parecem oníricas e imersas em si mesmas. Em termos formais, ele desenvolve seus protagonistas no campo da tensão entre o movimento e a pausa. . O interesse artístico reside não tanto na história em si, na representação de certos incidentes, mas na exploração e visualização de emoções humanas profundas como a vulnerabilidade, a força, a liberdade ou a solidão." .

🗓️ de 22 de setembro a 22 de outubro

🕘 De terça a sexta, das 17h às 20h.

🕘 Sábados das 12h00 às 14h00 . e das 17h00 às 20h00.

🕘 Domingos e feriados das 12h às 14h.

📍 Palácio Revillagigedo, Gijón (Astúrias).

1 de 11